conteúdo da página

18 de fev de 2013

A lista de convidados

Bom diaa!!

Fim de semana eu e o Gabriel tentamos finalizar a lista de padrinhos e madrinhas e os últimos detalhes para o convite deles.

Já estão quase todos definidos, na verdade, nós sempre soubemos quem seriam nossos padrinhos, pois escolhemos pessoas que sempre estiveram ao nosso lado, nos apoiando.
Por mim e por ele tínhamos uns 30 padrinhos de cada lado, mas como não é possível tivemos que nos conter em 5 casais para cada. 

Hoje comecei a mexer na lista de convidados, colocar nomes que não havia posto, anotar os telefone e endereço de cada um. Que difícil que é fazer isso, nossa... 

E os números só que sobem, rsrsr, acho que isso é fato.. Achava quer teríamos 200 convidados agora já chegou nos 246, rsrsr.. 

Vou deixar aqui pra vocês dicas pra quem quer começar a colocar a mão na massa. 
No final deixei um link para baixar uma planilha bem completa pra começarem a anotar seus convidados.



1. Por onde começar a lista de convidados? 
A lista de convidados é o primeiro passo para o planejamento de um casamento bem sucedido, já que a quantidade de pessoas interfere diretamente em diversos itens, como o local da recepção e a quantidade de bebida. Comece a lista pelas pessoas mais próximas, aquelas que efetivamente participam da vida do casal. Depois, considere parentes mais distantes, amigos dos pais e do trabalho. Uma dica para organizar a lista de convidados é começar pelos bisavós, em seguida pelos avós, tios, primos, padrinhos e amigos. Outra sugestão é fazê-la em ordem alfabética. Assim, evita-se repetir nomes e fica mais fácil conferir se faltou alguém.

2. Como equilibrar orçamento e o tamanho da lista? 
Não tem jeito: a lista deve ser elaborada levando em conta o orçamento. Por isso é tão importante que ela seja definida logo no início do planejamento – e, na dúvida, o melhor é partir de uma quantidade modesta de convidados. “Se mais tarde o casal perceber que existe sobra no orçamento, aí sim a lista pode ser ampliada”, recomenda Jane Alves, assessora de casamentos.
3. Quais são os erros mais comuns na elaboração da lista? Como evitá-los? 
Um erro comum é os noivos fazerem listas separadamente. Ela ficará mais extensa e possivelmente fora do orçamento. Outro equívoco é convidar pessoas apenas por protocolo, ultrapassando o limite pré-estabelecido de convidados. “Nunca convide alguém por obrigação”, aconselha a consultora de casamentos Adriana Gunther.
4. Com quanto tempo de antecedência a lista deve ser elaborada? 
A lista deve ser feita no começo do planejamento. Dela dependem escolhas cruciais, como o número de convidados para o buffet e a escolha do espaço da festa. “Mesmo para um casamento só na igreja é necessário saber a quantidade de pessoas, para encontrar um local que possa acomodá-los. Tanto uma igreja muito lotada, com convidados do lado de fora, como uma igreja muito grande e vazia, desagradam”, afirma Sylvia Queiroz, organizadora de casamentos e recepções.

5. Os pais podem interferir na escolha dos convidados? 

A festa é do casal, mas é um gesto educado e delicado permitir que os pais possam convidar algumas pessoas de seu círculo de amizades. O mais importante é conversar e deixar claro os custos envolvidos e as limitações.
6. Quais critérios utilizar para cortar nomes da lista? 
Quando precisarem “cortar” nomes, avaliem quem são os convidados obrigatórios e, especialmente, a proximidade destas pessoas com os noivos.

7. Qual a porcentagem média de convidados faltosos? Posso considerar isso na hora de elaborar a lista? 

Depender da possibilidade de falta para convidar pode ser perigoso. Mas, em geral, existe uma variação de 10% a 20% de faltosos.

8. É preciso convidar o namorado de uma amiga que gosto muito ou posso chamar somente ela? 
Pode-se convidar somente a amiga, mas dificilmente alguém vai a um casamento sozinha, principalmente se a convidada não conhece mais pessoas além dos noivos. Se o número de convidados já está no limite, os noivos têm o direito de não chamar e explicar o porquê, mas correm o risco da amiga ficar chateada e não comparecer ao evento.
9. Como convidar colegas de trabalho? Chamo somente os mais próximos ou preciso convidar a todos? 
Se não for chamar ninguém do trabalho, evite comentar sobre o casamento. Caso queira convidá-los, priorize aqueles com quem os noivos têm uma relação fora do ambiente de trabalho ou os mais chegados, entregando a eles um convite individual. “Nunca coloque o convite de casamento no mural, pois dá a entender que você está convidando a todos da empresa”, afirma a assessora de casamento Adriana Gunther.
10. O RSVP é aconselhável? 
O serviço de confirmação de presença (RSVP é sigla para Répondez S'il Vous Plaît, expressão francesa que significa algo como “responda por favor”) é interessante para o casal ter noção, ainda que de modo aproximado, da quantidade de convidados. Assim, evita-se o desperdício ou a falta de algum item. Nos últimos 10 dias antes do evento, imprevistos podem alterar um pouco o quadro. Mas o número de confirmações fica bem próximo ao real.



2 comentários:

  1. Josy ...
    estou achando um máximo esse seu blog!
    Parabéns,viuuu!
    Obs: baixei a planilha de convidados(adorei a idéia)

    ResponderExcluir
  2. ai menina que difícil


    é tudo tão caro kkkkkk


    minha lista não para de crescer, até choro quando penso nisso


    rsrsrrsrsrs


    do mais ameiii


    beijinhus, visita lá minha pág.


    aguardooo seu recadinho

    http://cacamolina.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir