conteúdo da página

19 de jul de 2016

O dia mais emocionante da minha vida! (Relato de parto)


Seja Bem Vinda minha filha! Seja bem vinda as nossas vidas...


Na noite anterior a ansiedade me deixou inquieta. O frio na barriga era constante que chegava a embrulhar o estômago.
Comecei a arrumar tudo para levar para o hospital, fui me acalmando conforme tudo foi ficando pronto. Deixei tudo separado sobre o sofá. Olhei tudo aquilo e pensei que finalmente eu iria usar todas aquelas coisas que preparei para ela.
Ninguém conseguiu dormir nessa noite, exceto eu.
Apesar da ansiedade dominar o coração eu me acalmei e consegui ter uma noite tranquila de sono. Eu só pensava que poderia ser minha ultima noite inteira de sono. 
O despertador tocou, abri os olhos e já sorri... Pensei: É hoje!
Rezei, levantei com um sorriso no rosto eu fui tomar banho. Me arrumei porque queria que minha filha me conhecesse bonita rsrs.
Estava pronta então acordei o Gabriel, ele se arrumou em 5 minutos e começou a carregar o carro com as coisas. A vovó Tânia chegou para dar um abraço e desejar boa sorte antes de ir trabalhar.
Saímos de casa.
O dia estava ensolarado, o clima estava mais quente comparado aos outros dias da semana! Era um dia muito feliz.

Eu e o Gabriel chegamos no hospital e demos entrada, fiz a triagem para ver se estava tudo ok, estava tudo perfeito e a enfermeira mandou aguardar na recepção até liberar o quarto.
Nesse tempo pessoas que amamos começaram a chegar para estar ao nosso lado e dar força.


Impossível tirar o sorriso do rosto!
Vira e mexe o Gabriel me cutucava e mandava falar baixo. Eu esquecia que estava em um hospital kkkk.

Tudo pronto! Um enfermeiro muito simpático nos chamou para subir para o quarto. 
Nos acompanhou todo o caminho e ficou surpreso com a quantidade de gente que estava com nós kkkk
No caminho para o quarto tinha uma capelinha! 

Cheguei no quarto e foi só festa.. Todos conversando, sorrindo e aguardando ansiosos.
Logo chegou o enfermeiro com a roupa do hospital e disse: Vista essa roupa que daqui alguns minutos voltamos para te buscar.

Todos aproveitaram para dar o ultimo beijinho na barriga.

Ele chegou com a maca e disse para irmos.
Nessa hora o nervoso começou a bater. Me deitei e eles foram me empurrando em direção ao elevador.
Todos vieram atrás falando alto, dando tchau e desejando boa sorte.
Entramos no elevador. 
Nessa hora comecei a chorar. Não sei descrever o que eu estava sentindo. Era uma mistura de medo, de nervosismo, de ansiedade, eu só pensava que minha vida estava prestes a mudar para sempre em alguns minutos.


Ao sair do elevador eu vi uma porta de vidro.
Nessa hora tinha duas enfermeiras me esperando e me trocaram de maca.
O enfermeiro bonzinho se despediu e disse que iria me ver no outro dia.

Entrei na sala e eu já achava que ali era o centro cirúrgico. Perguntei para a enfermeira e ela disse que eu iria esperar ali um pouquinho até liberar uma sala no centro cirurgico para iniciar a cirurgia. 
Vi várias macas com pessoas deitadas, tinha um homem que roncava bem alto.
Minhas costas começaram a doer e eu virei de lado, tentei dormir um pouquinho mas não consegui.
Fiquei uma hora ali, mas passou rápido.
Logo uma enfermeira veio colocar o acesso na minha mão.
Assim que ela colocou chegou o médico, o anestesista e o Gabriel. Todos com a roupinha azul, touca e máscara.

Fiquei muito feliz quando vi o Gabriel.

O Gabriel disse que gostaria de entrar só depois da anestesia e eles disseram que tudo bem.
Me levaram para o centro cirúrgico.
Eu não estava com medo, estava muito calma nessa hora.

O anestesista era muito simpático e conversou bastante comigo. Pediu que eu sentasse e aplicou a anestesia. Foi muito rápido e não doeu nada.
Logo me deitou e pedia que eu tentasse levantar a perna. Essa foi a parte que mais me incomodou de toda cirurgia. Ficar deitada de costas.
Minha costas parecia que ia partir no meio de tanto que doía. Falei para o anestesista do incomodo e ele disse que logo passaria aquela dor.
As pernas começaram a em formigar e não senti mais nada depois disso.

O anestesista veio ao meu lado e disse que já estava começando.
Nessa hora fiquei tensa, achei que tinham esquecido de chamar o Gabriel e fiquei com muito medo dela nascer antes dele entrar.

Uns minutinhos depois vi ele e a fotografa entrando.
Ele se sentou ao meu lado e passava a mão pelo meu rosto para me acalmar.

Sentia algo puxando bem forte, mas nada doía.
Realmente é verdade a sensação que demora para o bebê nascer, mas foram apenas 13 minutos desde que o Gabriel entrou até ele sair da sala de cirurgia. Ela nasceu em 10 minutos e parecia quase 1 hora.

Eu esperava que seria diferente.
Que escutaria um chorinho, que eles iriam levantar a Beatriz e eu veria ela de longe.

Na verdade ela não chorou quando nasceu, nasceu quietinha.
Estava olhando para o Gabriel na hora e só percebi que ela tinha nascido a hora que vi lágrimas escorrendo no rosto dele.
Olhei para o outro lado e vi ela. A minha primeira reação foi perguntar se era a Beatriz rsrs..
Logo ela comecou a chorar e eu chorei junto com ela. 
A sensação é inexplicavel. Um choro de alegria, que vinha forte de dentro, impossível de segurar.
Elas nasceu linda, cabeluda, cheia de saúde.
Ficou quietinha quando encostaram no meu rosto e eu beijei muito ela.
Lembro certinho da babinha dela no meu rosto.
Nosso anjo nasceu, eu não conseguia acreditar.

Depois disso eu não vi mais nada. O Gabriel saiu com ela e o pediatra e eu fique na sala finalizando a cirurgia.
Foi mais uma hora até o Dr. Augusto finalizar e depois me colocaram na sala de recuperação.

A dor nas costas tinha passado, mas fiquei agoniada para ir para o quarto logo ficar com ela, mas tive que ficar esperando.
Tinha um relógio sobre a minha cabeça e eu olhava de 5 em 5 minutos.
Esperei mais duas horas para subir para o quarto.
Enquanto isso ela estava no berçário e todos em volta, babando. Finalmente todos conheceram nossa bebê!

Ao chegar no quarto minha mãe e minha irmã estava me esperando.
Cheguei conversando e já levei um bronca, pois eu não podia falar.
Elas estavam eufóricas falando como minha filha era linda, como estavam encantadas.
Uns minutinhos depois o Gabriel chegou empurrando ela no carrinho do hospital e finalmente estava com minha filha.
Queria poder pegar ela no colo, mas não podia porque tive que ficar deitada, por 12 horas.

Minha vontade era tão grande que minha mãe deitou ela ao meu lado e eu fiquei ali admirando ela. Ela ficou quietinha, dormindo aconchegada no meu braço. Não queria que ninguém tirasse ela dali. 

O tempo passou, a anestesia passou e finalmente eu poderia levantar um pouco a cama para não ficar tão deitada.

A Bia só dormiu esse tempo todo.

A enfermeira veio me auxiliar com a amamentação. Estava ansiosa por esse momento.
Na hora não doeu nada, foi muito gostoso poder amamentar.
Mas no outro dia meu peito ja estava rachado pois ela tinha feito a pega errada e ai começou o sofrimento que durou 15 dias.

Na primeira noite minha mãe e o Gabriel dormiram comigo, foi muito tranquilo, as enfermeiras faziam tudo.
No outro dia cedo eu levantei, tomei banho e tomei meu café da manhã. Estava super bem, nem parecia que tinha operado no dia anterior. 
O Dr. Augusto veio me ver e ficou surpreso de ver que já andava quase sem me curvar. Ficou muito feliz e disse que isso era muito bom.

Nesse dia a alegria tomava conta de mim eu ia a todo momento ver ela no carrinho. Queria dar mama o tempo todo.
Recebemos visitas e tiramos muitas fotos.

Essa noite dormiu só eu o Gabriel e a Beatriz. Foi muito gostosa a sensação de primeira noite em família.
No outro dia cedo minha mae chegou, tomei banho e arrumei todas as coisas para ir pra casa.
Finalmente chegamos em casa, a Bia conheceu tudo o que fizemos pra ela e ficou atenta com os olhos aberto olhando tudo, parece que entendia que aquilo tudo foi feito com muito carinho e cada detalhe pensado pra ela.
Finalmente depois de 9 meses ela estava em meus braços e eu pude ver ela preenchendo o bercinho e usando as roupinhas que eu tanto dobrava e desdobrava, cheirava e imaginava ela dentro.
Comecou mais um capitulo de nossas vidas e sem dúvida o mais intenso e emocionante.


44 comentários:

  1. Caiu um cisco no meu olho rs, que lindo Josy! realmente emocionante! estava ansiosa pelo seu relato, que fotos lindas! que lindo ver o amor da sua familia, que sua Bia seja sempre rodeada de muito amor, parabéns! não fica tanto tempo sem postar, eu amo acompanhar vcs, te admiro muito! tenho certeza que vc esta sendo uma super mãe.


    Beijos com carinho.


    Daniele

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigadaa Dani!! Pode deixar que vou fazer o possivel pra não sumir daqui.. Um beijo

      Excluir
  2. Nossa que relato lindo, que legal sua familia te acompanhar! não some mais, sentimos sua falta! A Bia é linda, a cara do seu marido, chaveirinho dele hahahaha


    Boa sorte nessa nova fase, certamente a mais linda da sua vida!

    Beijocas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk Todos dizem que ela é a cara do Gabriel.. Não tem nada meu kkkkk.. Um beijo e pode deixar que vou fazer o possivel pra não sumir daqui.

      Excluir
  3. Josy...
    Não tem coisa mais emocionante, mais preciosa que gerar e dar a luz um filho! É um momento único na vida da mulher! Que fotos lindas, estão todos de parabéns ! Bia é uma fofa! ela tem olhinho claro ou é impressão minha? na foto do insta parece azulzinho.


    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigadaaa!! Realmente é a maior emoção da vida.. Então, os olhinhos dela ainda não estão definidos, dizem que só definem depois dos 6 meses, mas ele é um cinza claro, estou torcendo para ficarem azuis.. Beijooos

      Excluir
  4. Me fez lembrar o meu parto. Dia inesquecível.
    Muito obrigada por compartilhar esse momento tão lindo!

    ResponderExcluir
  5. Obgada por compartilhar, o meu será dia 28/8 muito ansiosa pra ver meu baby, estava tranquila e com seu relato fiquei mais ainda. Felicidades à família! Bjssss

    Jane Mamãe do Davi Lucca


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fica tranquila que dará tudo certo!! Que Deus abençoe seu parto e seja um dia tão inesquecível como o meu..Beijos pra vc e pro Davizinho

      Excluir
  6. Obrigada, pelo relato até fico mais tranquila, pois minha primeira filha foi parto normal e a 13 anos atras, agora Deus está me dando a chance de cuidar de homenzinho e qro fazer cesariana, pois sofri muito quando tive minha primeira filha.
    Fico com medo de sentir dor, pois sempre que converso com pessoas que fizeram cesariana me fala que quando a anestesia sai as dores são horríveis, mais pelo que vejo não é bem assim.
    A Bía é uma boneca, cara do papai dela

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A dor é de mulher para mulher. Eu não senti dor intensa, uma dorzinha normal pois é uma cirurgia né. Mas fica tranquila, se vc estiver se cuidando direitinho na gestação sua recuperação sera super tranquila..
      Um bom parto para você e que Deus te conseda um dia inesquecivel...
      Um beijo

      Excluir
  7. Querida Deus abençoe você por este relato incrível ... me ajudou muito! Tento não pensar mas estou com um pouco de medo, as mulheres falam muita coisa sobre o pós parto que assusta, mas creio em Deus e será bem tranquilo!

    Desejo tudo de bom. A você e sua família!


    Patricia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Patricia, fica tranquila.. O que você pode fazer é se cuidar durante a gestação, se fizer isso seu pós operatório será ótimo. Um grande beijo e obrigada ♥

      Excluir
  8. Josy...

    Obrigada pelo texto, tb vou ter cesárea pois minha bebê está sentada e o seu relato me deixou mais segura e confiante em relação ao parto. Muita saúde e felicidades para o sua príncesa. Bjs

    Joice

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aii que bom saber que ajudei Joice.. Um bom parto pra vc, que Deus te abençoe.. Beijoos

      Excluir
  9. Ai Josi, fiquei emocionada lendo esse post!
    Realmente deve ser melhor sensação do mundo ter seu bebê nos braços depois de passar por tantos medos. Eu começo a tentar mês que vem!!
    Parabéns pela filhota linda, que Deus abençoe vcs!
    Bjao
    Ana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aii que legal Ana, boa sorte e depois vem me contar quando der certo.. Um beijo

      Excluir
  10. Nosso, que lindo, Josy! Fiquei ate emocionada!! Obrigada por ter escrito esses relatos para suas leitoras! Um dia vou ser mae tambem e morro de medo, é muito bom ler relatos tranquilizadores como o seu. Muita saude sempre para a Bia! Você merece ter essa filha tao linda! Beijos!

    Vanessa Aguiar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Vanessa, fico feliz eu te tranquilizei!! Qualquer duvida que tiver pode me chamar viu.. beijoos

      Excluir
  11. Josy seu relato foi incrivelmente maravilhoso!

    Acho que este é um momento muito da mãe e você escolheu aquele parto que fosse melhor para você e seu bebê.

    Beijos e saúde para a lindinha da Biazinha+

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Re.. Você está certa.. Um beijão

      Excluir
  12. Ola Josy, estava esperando ansiosa seu post a respeito da sua cesária, acompanhei pelo blog sua gravidez.Tenho 25 anos, estou gravida de um menino que vai se chamar Arthur,meu primeiro filho,vai ser minha primeira cirurgia, e tudo mais,nasce final de agosto, esta pertinho, e estou muitíssimo ansiosa e com muito medo!=/
    Adorei seu relato, muito emocionante, espero que minha cesária seja tranquila como a sua.
    Sua filha esta linda!

    Beijos com carinho pra sua familia toda


    Elaine e Dudu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Elaine, que legal!! Um bom parto pra vc, vai dar tudo certo viu.. Que Arthur venha cheio de saúde para alegrar ainda mais a vida de vcs.. Um beijo enorme pra vcs..

      Excluir
  13. Boa tarde!

    Só não chorei horrores porque estou no trabalho! kkkkk
    acompanho todossss os seus posts desde sempre! mas acho que esse foi o meu favorito!
    tenho só 22 anos e não vou casar tão cedo(apesar de já namorar há 4 anos)...mas sempre me interessei por esses assuntos! sou louca por casamento, bebês... amo os posts relacionados a bia!

    meu maior sonho é viver tudo que você viveu, com meu namorado (na época será marido né rsrs) e meu futuro baby.
    enfim, obrigada por esse post! me emocionei, matei minha curiosidade, tirei minhas dúvidas !
    sua filhota é linda!! e eu amei "conhece-la"!
    beijooo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkk.. Aii que bom saber que gostou do meu post.. escrevi com muito carinho. Se ainda tiver alguma duvida só me perguntar tá, vou adorar ajudar.. um beijo enorme pra vcs..

      Excluir
  14. Oi Josy, tdu bem??


    Poxa, Mariah. Não estou grávida e ainda não fui mamãe, mas quase chorei com seu post hehehehe. Obrigada por dividir conosco esse momento tão importante e especial de sua vida. Mas, claro, se não for incoveniente para você, fala para gente o que seu corpo mudou, essas coisas que toda mulher quer saber.


    Beijão pra vcs 3!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Fernanda, que bom que gostou.. Eu vou falar sim. Já vou formular um post sobre esse assunto. Beijooos

      Excluir
  15. Tudo que eu precisava ler!!! amei :)

    ResponderExcluir
  16. Josy adorei seu post...

    menina tenho uma coisa pra te contar... eu sempre vinha aqui no seu blog e acompanhava tudo da sua gravidez e fiquei super emocionada quando vi as fotinhos da Bia.
    até um dia comentando um dos post's eu disse que vendo sua gravidez me dava até vontade de ser mãe... que esse sentimento estava aflorando em mim, e estava mesmo...

    Foi quando na época eu tive dores muito fortes e um sangramento fora de época, mas eu estava solteira e não tinha a mínima chance de ser gravidez, aí fui ao médico pq sabia que algo estava errado...

    Fui em um médico que minha mãe indicou em uma clínica que ela ia sempre, e não no médico que estava acostumada a anos...
    resultado, ele diagnosticou uma ferida no colo do útero e disse que eu teria que cauterizar, eu fiquei horrorizada pq eu nem sabia do que se tratava... busquei saber e mesmo apavorada marquei a tal cauterização...
    e foi o momento que mais senti dor na vida, mesmo com anestesia local, foi horrível...

    aí quando retornei lá uns dias depois pra ele ver como estava ele disse que ainda não estava bem cicatrizado e que talvez precisasse fazer novamente, mas como eu estava traumatizada resolvi procurar meu médico antigo, que eu confiava mais e que é muito bem conceituado e quem eu deveria ter procurado desde o começo...
    foi aí que tomei o maior choque da minha vida, ele disse que a cauterização doeu tanto e que eu não conseguia me recuperar devido um quadro de endometriose...
    Imagina minha cabeça a mil nessa hora, afinal endometriose causa infertilidade... chorei por dentro nesse dia..
    ele me disse que poderia dificultar uma gravidez, mas que não me impediria se eu tratasse, e estou tratando e rezando para que se um dia eu resolva ser mãe, que seja tão mágico como foi pra vc...

    eu nunca quis sabe... nem nunca fui apaixonada por criança como todas minhas amigas, mas depois da Bia e de ver vc curtir cada momento minha forma de pensar pensou...


    Então nunca vou esquecer que vc faz parte da minha mudança de pensamento, ver sua emoção sempre me deixa muito bem...
    desejo tudo de melhor pra vc e pra sua família linda...
    Um grande beijo!
    Gisele Frade

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa Gisele, me emocionei lendo seu comentário. Então o que tenho a dizer pra vc é que não tenha medo, não pense o pior e confie em Deus, ele sabe cada coisa. Se é de sua vontade ser mãe, não desista! Fico feliz que flori essa vontade em seu coração, e torço para que de tudo certo, no tempo certo!! Não desista viu, e seja feliz, não se martirize por isso... Qualquer coisa só me chamar, vou estar aqui pra ajudar sempre!! Um beijo enorme...

      Excluir
  17. Nossa Josi fiquei emocionada com o que li e espero muito ter uma experiência igual a sua, quando eu tiver meu bebê! Muita saúde para vocês três…


    Beijos no coração

    Van Chidiac

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Van, vai sim.. Quando agente realiza um sonho é impossível a experiencia ser ruim.. Um beijo enorme..

      Excluir
  18. Josy as lágrimas escorrem pelo meu rosto e a garganta fica apertada.

    Tão feliz por vcs três! Que Deus continue abençoando sua família!

    :)

    ResponderExcluir
  19. Me emocionei! Que esse momento de plenitude dure para sempre!!
    Bjs e não some mais!!

    Babi

    ResponderExcluir
  20. Parabéns!!! Que experiência linda! Agora aproveite a sua bebê e que ele traga muitas felicidades para vocês!!!

    ResponderExcluir
  21. Que lindo depoimento Josyyyy! Venho te acompanhando há alguns anos e depois que você divulgou que estava grávida acompanhei mais ainda rsrs e te confesso que bateu uma vontade imensa de ser mamãe também rsrsr.

    Te desejo tudo de bom pra vc, a Bia e o Gabriel! Familia linda!


    PS: não some

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk que legal que deixei essa vontade em muitas leitoras.. É um momento mágico e fico feliz de sabe que muitas querem passar por isso! Um beijo enorme pra vc!

      Excluir
  22. Que emoção! que fotos lindas, amei seu relato !

    Beijos

    ResponderExcluir