conteúdo da página

23 de jul de 2015

Blog da Josy convida: Noite Italiana 3º entradinha


Oiii gente!!
A ultima entradinha da série, e deixei a melhor pro final...


Essa também é agridoce, mas mesmo quem não é muito fã dessa combinação pode se surpreender ao provar.
Experimentamos o presunto de parma com melão em Firenze, e depois fizemos várias vezes.
No Brasil esse tipo de presunto é mais caro, aqui encontro no mercado por 2 euros 100gr, no Brasil o da Sadia sai a R$9.98 - 100gr (vi esse preço no Extra), mas não precisa mais do que isso, pois ele tem um gosto forte e pouco já é suficiente.


Você só vai precisar comprar:
100gr de Presunto de Parma
1 melão caipira
Reparem que o melão é amarelo por dentro e branco por fora, ele é diferente do tradicional que geralmente compramos no mercado, mas não é difícil encontrar, qualquer frutaria vende.

Eu servi dessa forma:
Cortei em pedacinhos o presunto, e o melão em fatias e depois fiz quadradinhos, assim dava para espetar com o garfo. 

Outras maneiras de servir:
Use o boleador e palitinhos bonitos

Quadradinhos com uma folhinha de mangericão:


Bom pessoal, como todo dia estou deixando uma dica para incrementar a noite italiana, hoje não será diferente.
Na Itália, em todos os restaurantes tradicionais, sobre a mesa tem uma garrafa do vinho da casa. Você pode optar em tomar ou não, mas a garrafa fica ali e ao lado uma garrafa de vidro com água . 
Não sei porque, mas servir a água em garrafa de vidro faz toda a diferença rsrs..

Que tal fazer isso também?!? E pra escolher qual é o melhor vinho vou deixar aqui umas dicas que retirei de outro blog porque eu não entendo muito do assunto. Eu comecei a tomar vinho faz pouco tempo, na verdade ano passado na Europa. Meu tio sempre nos acompanhava no jantar e ele ama vinho, então sempre pedia, eu sempre dava uma bicadinha e acabei tomando gosto, hoje adoro principalmente quando o prato é massa.

Conheça os diferentes tipos de vinho que melhor combinam com cada prato :

Vinho Tinto – sempre vão melhor com carnes, mas como são vários os tipos, os tintos são muito versáteis.

Tinto seco leve – carnes vermelhas fritas ou grelhadas, frango assado ou cozido, pizzas, bacalhau com molho e paella são ótimas pedidas;

Tinto seco encorpado – carnes assadas e queijos brancos, como o brie e o camembert caem bem;

Tinto leve – massas com molhos leves;

Tinto encorpado – queijos duros, como o provolone;

Tinto seco – massas com molho de tomate, ou com molho de ervas ou ainda com molho condimentado, além de queijos amarelos, como o parmesão e gouda, e frios em geral são combinações perfeitas;

Vinho Branco – os vinhos brancos, sejam eles jovens e frutados ou encorpados e fermentados, são melhores quando harmonizados com peixes e frutos do mar; e quase nunca combinam com comidas muito temperadas e carnes vermelhas.

Vinho Rosé – são ótimos com carnes magras grelhadas, frango assado, verduras gratinadas, massas italianas, charcutaria, entradas, tortilhas e omeletes. E não cai bem com peixes e mariscos cozido simples, peixes magros grelhados, carnes gordas e e queijos azuis,

Espumante – são flexíveis e vão bem com diversos pratos, mas a sua excelência se dá quando servidos como aperitivos, harmonizando muito bem com queijos de massa branca, como o Brie e o Camembert, peixes fumados (salmão), carnes gordas assadas (leitão, porco), aves assadas (frango, pato), entradas e aperitivos

Vinho do Porto – frutas secas, bolos, queijos azuis, sorvetes e sobremesas são boas combinações.

Dito tudo isto, não se deixe limitar. O vinho, assim como quase tudo na vida, é uma questão de gosto. O melhor a fazer é seguir os seus instintos e tentar novas experiências.

Referência: Link Site

Por hoje é isso pessoal, amanhã tem o prato principal!
Espero vocês..
Deixem um comentário aí em baixo e me sigam no instagram: @bloogdajosy
Um grande beijo

Nenhum comentário:

Postar um comentário